30 de julho de 2011

Até que enfim!

Estava a ver que se acabava a água na charca e que o Frango d'água não me dava uma boa oportunidade para o fotografar.
Hoje, para além dos habituais 2 ou 3 segundos em que ele tem ficado ao alcance da objectiva, o Sr. Frango, de apelido Macho Adulto, resolveu sair dos caniços e mostrar as suas habilidades "a la Mark Spitz".


Frango d'água - Water Rail
Rallus aquaticus



Perais
(30 de Julho de 2011)

Cotovia montesina

Cotovia montesina - Thekla Lark
Galerida theklae



Rosmaninhal
(15 de Junho de 2011)

Andorinha das chaminés

Andorinha das chaminés - Barn Swallow
Hirundo rustica



Perais
(30 de Julho de 2011)

28 de julho de 2011

Hoje na Talagueira

Maçarico das rochas - Common Sandpiper
Actitis hypoleucos




Petinha dos campos [Juvenil] - Tawny Pipit
Anthus campestris




Chasco ruivo [Juvenil] - Black-eared Wheatear
Oenanthe hispanica (garganta preta)




Barragem da Talagueira
(28 de Julho de 2011)

Chasco cinzento

Chasco cinzento - Northern Wheatear
Oenanthe oenanthe





Rosmaninhal
(15 de Junho de 2011)

27 de julho de 2011

Frango d'água

Fotografias da família Frango, residente em Perais, obtidas ontem na companhia do Joaquim Antunes.


Frango d’água - Water Rail
Rallus aquaticus






(Juvenis)



(Adulto)

Perais
(26 de Julho de 2011)

Chapim azul

Chapim azul - Blue Tit
Cyanistes caeruleus



Castelo Novo
(23 de Junho de 2011)

Cotovia pequena

Cotovia pequena, também designada por cotovia arbórea ou cotovia dos bosques.
Os meus agradecimentos ao Joaquim Antunes pela ajuda na identificação desta ave e da Calhandra real.


Cotovia pequena - Woodlark
Lullula arborea



Serra da Gardunha
(1 de Junho de 2011)

Calhandra real

Calhandra real - Calandra Lark
Melanocorypha calandra



Rosmaninhal
(11 de Junho de 2011)

24 de julho de 2011

Borrelho pequeno de coleira

Borrelho pequeno de coleira - Little Ringed Plover
Charadrius dubius



Barragem da Talagueira
(22 de Julho de 2011)

Pato real

Pato real - Mallard
Anas platyrhynchos



Perais
(7 de Julho de 2011)

Alvéolas

Alvéola ou, na linguagem popular, arvela, arrebela, lavandisca, lavandeira.

Também na voz do povo, diz-se:
Cabeça de arvela – cabeça no ar, pessoa distraída, pessoa estonteada, sem tino.
Pareces uma arvela – Muito magro, escanzelado.



Alvéola branca - White Wagtail
Motacilla alba



Adulto, no Vale do Lucriz.
(11 de Fevereiro de 2011)




Juvenil, na Talagueira.
(23 de Julho de 2011)



Alvéola cinzenta - Grey Wagtail
Motacilla cinerea



Adulto, em Castelo Novo.
(2 de Julho de 2011)




Juvenil, na Talagueira.
(23 de Julho de 2011)




Adulto, em Castelo Novo.
(23 de Junho de 2011)



Quem "fotografa" uma arvela, é mais fino que ela!

Garças reais

Garça real - Grey Heron
Ardea cinerea






Barragem da Talagueira
(23 e 22 de Julho de 2011)






Perais
(23 de Julho de 2011)

Marreco

Marreco
Anas querquedula



Perais
(5 de Junho de 2011)

19 de julho de 2011

Hello, Goodbye...

Hello Canon 400 mm f/5.6. Goodbye Canon 100-400mm f/4.5-5.6.
Foi uma decisão pensada, e espero que acertada. Em regra utilizava o 100-400 na sua distância focal máxima. A aposta foi na qualidade de imagem, mas tenho a certeza de que vou sentir muito a falta do IS. As fotografias "de salto", obtidas a partir da janela do carro, vão ser mais difíceis e requererão equipamento de apoio adequado. Veremos...

A primeira jornada foi hoje, na Serra da Gardunha. Estou farto de dizer que já lá não volto este Verão, mas surgem sempre novidades que me fazem subir e descer aqueles caminhos pedregosos e poeirentos um ror de vezes.
Pela manhã, no fundo do abrigo, encolhia-me e batia o dente com o vento gélido a acossar-me. Prestes a desistir, já tinha desmontado os "sons e tons" quando o vento amainou e a temperatura se tornou tolerável.

Voltando à carga, aguardava as toutinegras carrasqueiras que costumam habitar aquele recanto. Mais uma vez me desiludiram. Valeram os pinheiros próximos que hoje albergaram um casal de gaios, e a família de papa-amoras que costuma pousar por aqueles pauzinhos e moitas.

Seguem-se alguns dos resultados da jornada. Sinto-me vaidoso com a fotografia do Papa-amoras. Até fica mal rodeada pelas outras. Mas pronto! Esperemos que de quando em quando saia mais uma destas.



Serra da Gardunha
(19 de Julho de 2011)




Gaio - Eurasian Jay
Garrulus glandarius




Papa amoras comum - Common Whitethroat
Sylvia communis




Cartaxo comum [Juvenil] - European Stonechat
Saxicola rubicola

16 de julho de 2011

Cotovia de poupa

Cotovia de poupa - Crested Lark
Galerida cristata



Rosmaninhal
(11 de Junho de 2011)

14 de julho de 2011

Peneireiro vulgar

Peneireiro vulgar - Common Kestrel
Falco tinnunculus



O juvenil aguarda à distância...




...Enquanto a progenitora verifica a segurança do terreno.


Serra da Gardunha
(14 de Julho de 2011)

Rouxinol bravo

Avistei-o de novo a semana passada. Acompanhado pelos 2 progenitores e bem mais parecido com eles, mais cauteloso no interior da copa e sem vir espreitar para dentro do abrigo.


Rouxinol bravo [Juvenil] - Cetti's Warbler
Cettia cetti



Perais
(8 de Junho de 2011)

Sombria

Parece uma senhora com excesso de maquilhagem.
Pudera, levou com 1/2 Kg de Photoshop para ficar minimamente apresentável.


Sombria - Ortolan Bunting
Emberiza hortulana



Serra da Gardunha
(13 de Maio de 2011)

12 de julho de 2011

Tricas de galinhas

Coisas de galinhas, lutando pela delimitação do território.


Galinha d'água - Common Moorhen
Gallinula chloropus




"- A 1ª já marchou!"




"- E a 2ª não tardou!"


Perais
(8 de Maio de 2011)


E não é que me fazem lembrar o local de trabalho?

Papa amoras comum

Papa amoras comum - Common Whitethroat
Sylvia communis



Serra da Gardunha
(20 de Maio de 2011)

11 de julho de 2011

Cerca em fio de ouro

No meu pouso já habitual, em Castelo Novo.


Guarda rios - Common Kingfisher
Alcedo atthis



(30 de Junho de 2011)


Abelharuco - European Bee-eater
Merops apiaster



(2 de Julho de 2011)

Rola turca

Rola turca - Collared Dove
Streptopelia decaocto



Castelo Novo
(2 de Julho de 2011)

Verdilhão albicastrense

Verdilhão comum - European Greenfinch
Carduelis chloris



Castelo Branco
(29 de Janeiro de 2011)

8 de julho de 2011

Gaivota de asa escura

Gaivota de asa escura - Lesser Black-backed Gull
Larus fuscus


"Ó Sr. Pescador de Aves. Tire-me esta aranha da cabeça sff.
É que estou cá com uma comichão!"



"Ahhh... Que alívio! Já cá não está!
Os meus sinceros agradecimentos."


Barragem do Monte da Coutada
(15 de Maio de 2011)

Melro azul

Apesar de muito esforço, esta foi a melhor fotografia de um macho de melro azul que consegui na primeira metade do ano.
A persistência é, nestes casos, a chave para o sucesso.


Melro azul [Macho] - Blue Rock Thrush
Monticola solitarius



Serra da Gardunha
(29 de Maio de 2011)

6 de julho de 2011

Tordo zornal

Em 21 de Janeiro de 2011 capturei esta imagem. Andava, e ainda hoje ando, a aprender o nome das espécies que surgem nas imediações de Castelo Branco, e não fazia ideia do que se tratava. Lá descobri então que era um tordo zornal.

Foi num diospireiro, junto a Monforte da Beira, que o encontrei. Armado de um 100-400 com extensor 1.4X, esta é uma das duas fotos que seleccionei como recordação dele.
Sorte de principiante, pela generosidade da ave, e fotografia também de principiante.


Tordo zornal
Turdus pilaris



Monforte da Beira
(21 de Janeiro de 2011)

4 de julho de 2011

Gaio

Ó "Palvarinho" olha o gaio e olha o gaio,
Se ele é bonito agarrai-o, agarrai-o.
Ó "Palvarinho" olha o gaio e olha o gaio,
E se ele é feio agarrai-o e largai-o.


Gaio - Eurasian Jay
Garrulus glandarius



Castelo Novo
(2 de Julho de 2011)

Rabirruivo preto

Rabirruivo preto - Black Redstart
Phoenicurus ochruros




Macho, no Vale do Lucriz.
(6 de Fevereiro de 2011)




Fêmea, no Vale do Lucriz.
(7 de Março de 2011)




Juvenil, em Castelo Novo.
(23 de Junho de 2011)